quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Sexo Oral


"O Sonho da Mulher do Pescador"
Hokusai 1760-1849

1
de tudo que vi naquele dia
nada me recordo além
de um pequeno pedaço de papel higiênico
– talvez menor que uma parada de ácido
ou do mesmo tamanho –

preso na umidade da virilha
recém depilada

2
de tudo que vi naquele dia
nada me recordo além de que
havia uma pequena colina
– já cartografada anteriormente –
que se abria para uma ravina
margeada por vegetação esparsa & rala:
ali um arroio secreto fluía
e havia sede, na tarde quente

3
e que depois de vencer a escalada
– uma escarpa suave –
descansei no topo conquistado

e toda a terra – então –
foi sacudida por intensos tremores [1]







_________________________________________
[1] Nota de rodapé

de tudo que vi naquele dia / nada me recordo além de que / seu beijo era salgado / – como havia de ser – / e que tinha o gosto do meu pau



*

Um comentário:

Joakim Antonio disse...

No alvo! Sempre preciso, poeta!

Abraços